No Careiro Castanho (AM), homem acusado de matar companheira com tiro de espingarda é condenado a mais de 15 anos de prisão

A Vara Única do Careiro Castanho (distante 88 quilômetros de Manaus) julgou e condenou a 15 anos e seis meses de prisão, o réu Paulo André de Aguiar, pelo crime de homicídio qualificado (feminicídio) que teve como vítima a companheira dele, Adriele Bruno da Silva.

Ler mais

Funcionárias desconfiaram de anestesista e trocaram sala de parto para fazer o flagrante de estupro

O médico anestesista Giovanni Quintella Bezerra foi preso em flagrante na madrugada desta segunda-feira (11) por estuprar uma mulher grávida enquanto ela estava dopada para passar por uma cesárea no Hospital da Mulher, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense.

Ler mais