AmazonasDestaque

Familiares e pacientes da FCecon terão genoma e perfil mapeados por projeto nacional

Os familiares e pacientes portadores de câncer de mama, próstata e colorretal, atendidos pela Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), terão o genoma e o registro do perfil clínico e epidemiológico mapeados pelo projeto Mapa Genoma Brasil. O objetivo do estudo é avaliar o histórico familiar dos pacientes, fator importante para o risco de desenvolvimento destes tumores. O levantamento iniciou neste mês de janeiro.

A pesquisa é desenvolvida em parceria com o Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo, FCecon e Ministério da Saúde (MS), por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional (Proadi-SUS). Com abrangência nacional, também participam instituições de capitais das regiões Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul. A proposta é que o levantamento dure um ano, podendo ser prorrogado por mais um triênio.

Escolha FCecon

De acordo com a enfermeira do Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo, Delciany Mylla Parente, a FCecon foi escolhida devido à localização na capital e à infraestrutura para a seleção, coleta, armazenamento e envio de amostras biológicas para o centro coordenador.

“Com o apoio da equipe multiprofissional da FCecon será possível realizar a busca e rastreamento dos pacientes. Contamos também com o apoio do corpo clínico médico para auxiliar-nos na coleta da amostra genética”, pontuou Aguiar.

Pela FCecon, participam como coordenadores da pesquisa a gerente do serviço de Mastologia, mastologista Hilka Espírito Santo, o urologista Giuseppe Figliuolo e a pesquisadora da Diretoria de Ensino e Pesquisa (DEP/FCecon), Valquíria Alves Martins.

Câncer de mama

Segundo Hilka Espírito Santo, a escolha deste tumor se deve ao impacto na incidência e mortalidade na população brasileira. Ela disse que, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), em 2023, estimam-se para o Amazonas 500 novos casos de câncer de mama, sendo o segundo tumor mais frequente entre mulheres do estado.

“O mapeamento dos pacientes e familiares dos três tipos de câncer possibilitará a implementação de estratégias para a redução dos riscos dos tumores e diagnóstico precoce, tanto para a população em geral quanto para os grupos de alto risco para o desenvolvimento dos cânceres”, explicou Hilka Espírito Santo.

Levantamento de dados

Doutora em Imunologia Básica e Aplicada, Valquíria Alves disse que o projeto coletará informações, através de entrevistas e coleta de material biológico de pacientes e de familiares, para montar um banco de dados, com informações genéticas, clínicas e epidemiológicas.

“Pretende-se identificar mutações genéticas que contribuam com a hereditariedade e ao agravamento da doença. Assim, conheceremos o perfil populacional, permitindo personalizar o fluxo de atendimento de pacientes para alto risco de câncer”, explicou Alves.

Para a diretora de Ensino e Pesquisa da FCecon, Kátia Luz Torres, “pesquisas como esta proporcionam a assistência e fortalecem os grupos de pesquisa local, contribuindo para inserção das pesquisas como base estratégica para desenvolvimento da oncologia na região”.

One thought on “Familiares e pacientes da FCecon terão genoma e perfil mapeados por projeto nacional

  • Wow, wonderful weblog format! How lengthy have you ever been blogging for?
    you made blogging look easy. The total look of your web site is wonderful, as well as the content!
    You can see similar here dobry sklep

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *