David Reis estuda estender regime híbrido de trabalho na Câmara de Manaus

Diante do avanço da variante Ômicron da Covid-19 no Amazonas, em especial na capital do Estado, o presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), David Reis (Avante), já estuda a possibilidade de manutenção do regime híbrido de trabalho na Casa legislativa. A forma busca evitar aglomerações em todos trabalhos da CMM, como no plenário e nas comissões temáticas.

“Preocupado com a saúde de nossos servidores, assessores, parlamentares, de todos que vivem o dia a dia da Câmara, já estamos avaliando o atual quadro da pandemia, sobre a necessidade de continuar por mais um tempo com o sistema híbrido, além de outros cuidados sanitários que se fizerem necessários. Infelizmente a pandemia piorou nos últimos dias, com o grande aumento no número de novos casos, de pessoas com a Covid-19”, destaca David Reis.

Por precaução da presidência da Casa, a Câmara Municipal de Manaus foi um dos únicos órgãos públicos do Estado a manter o regime híbrido desde quando ele foi adotado na CMM, em março de 2021.

Da última semana para a atual, o número de infectados pelo novo coronavírus saltou de menos de 100 por dia para 2,4 mil novos casos nesta quinta-feira (13/01). Unidades de saúde de Manaus estão lotadas de pessoas em busca de teste para Covid-19. Além do novo coronavírus, o Estado enfrenta uma onda de síndromes gripais.

Diante de todo esse cenário, David Reis chama a atenção da população para a vacinação, a única arma eficaz contra a pandemia. “Graças a Deus quem está com o ciclo vacinal completo contra a Covid-19, pode até ser novamente infectado, mas as chances de ter um quadro grave da doença caem drasticamente”, destaca o presidente da CMM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *